8 postulados sobre a Imagem do Pensamento Dogmatico segundo Deleuze

Download integral aqui

“Recenseamos oito postulados, tendo cada um deles duas figuras:

1.°, postulado do PRINCIPIO ou da COGITATIO NATURA UNIVERSALIS
• (BOA VONTADE do pensador
• e BOA NATUREZA do pensamento);

2.°, postulado do IDEAL ou do SENSO COMUM
• (o SENSO COMUM como concordia facultatum
• e o BOM SENSO como repartição que garante essa concórdia);

3.°, postulado do MODELO ou da RECOGNIÇÃO
• (a RECOGNIÇÃO instigando todas as faculdades a se exercerem sobre um objeto supostamente o MESMO
• e a possibilidade de ERRO que daí decorre na repartição, quando uma faculdade confunde um de seus objetos com outro objeto de uma outra faculdade);

4.°, postulado do ELEMENTO ou da REPRESENTAÇÃO
(quando a diferença é subordinada às dimensões complementares
• do MESMO e do SEMELHANTE,
• do ANÁLOGO e do OPOSTO);

5.°, postulado do NEGATIVO ou do ERRO
• (onde o ERRO exprime ao mesmo tempo tudo o que pode acontecer de mal no pensamento,
• mas como PRODUTO de mecanismos EXTERNOS;

6.°, postulado da função LÓGICA ou da PROPOSIÇÃO
• (a DESIGNAÇÃO é tomada como o lugar da verdade,
• sendo o SENTIDO tão-somente o duplo neutralizado da proposição ou sua reduplicação indefinida);

7.°, postulado da MODALIDADE ou das SOLUÇÕES

(sendo os problemas

• MATERIALMENTE DECALCADOS sobre as proposições ´
• ou FORMALMENTE DEFINIDOS pela possibilidade de serem resolvidos) ;

8.°, postulado do FIM ou do RESULTADO,
postulado do saber (a subordinação
• do aprender ao SABER
• e da cultura ao MÉTODO).

Se cada postulado tem duas figuras, é porque ele é
• uma vez NATURAL
• e uma vez FILOSÓFICO;

• uma vez no arbitrário dos EXEMPLOS
• e uma vez no pressuposto da ESSÊNCIA.

Os postulados não têm necessidade de ser ditos:

eles agem muito melhor em silêncio,
• no pressuposto da essência
• como na escolha dos exemplos;
todos eles formam a IMAGEM DOGMÁTICA DO PENSAMENTO.

Eles esmagam o pensamento sob uma imagem que é
• a do Mesmo
• e do Semelhante

na REPRESENTAÇÃO,

mas que TRAI profundamente o que significa pensar,
ALIENANDO as duas potências da diferença e da repetição,
do começo e do recomeço filosóficos.

O pensamento que nasce no pensamento,
o ato de pensar engendrado em sua GENETALIDADE,
• nem dado no inatismo
• nem suposto na reminiscência,

É O PENSAMENTO SEM IMAGEM.”

Deleuze – “Diferença e Repetição” – Fim do capítulo sobre a Imagem do pensamento – pp. 280

Critica da Imagem Dogmática do Pensamento (Platão, Aristóteles, Descartes, Leibniz, Kant, Hegel, Marx, Husserl, Heidegger, Sartre …) e defesa de um Pensamento sem Imagem. En garde!

Diferença e Repetição tem 7 capítulos (1+2+1+2+1)

1.Introdução

2. Diferença em Si 3. Repetição Para Si

4. Imagem do Pensamento

5. Síntese Ideal da Diferença 6.Síntese Assimétrica da Repetição

7. Conclusão

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s