Afirmação do PROBLEMA e Crítica do NEGATIVO por Deleuze

Download integral aqui

” O PROBLEMA E A QUESTÃO
não são determinações subjectivas, privativas,
marcando um momento de insuficiência no conhecimento.
A ESTRUTURA PROBLEMÁTICA
faz parte dos objetos
e permite apreende-los como signos,
assim como a INSTÂNCIA questionante ou problematizante
faz parte do conhecimento
e permite apreender-lhe a positividade,
a especificidade no acto de APRENDER.


Mais profundamente ainda, é o Ser (Platão dizia a Idéia)
que “corresponde” à ESSÊNCIA DO PROBLEMA ou da QUESTÃO como tal.
Há como que uma “abertura”, uma “fenda”,
uma “dobra” ontológica que reporta o ser e a questão um ao outro.
NESTA RELAÇÃO, O SER É A PRÓPRIA DIFERENÇA.
O ser é também não-ser,
mas o não-ser não é o ser do negativo,
É O SER DO PROBLEMÁTICO,
o ser do problema e da questão.
A diferença não é o negativo;
ao contrário, o não-ser é que é a Diferença:
Eis por que o não-ser deveria antes ser escrito (não)- ser,
ou, melhor ainda, ?- SER.
Acontece, neste sentido, que o infinitivo, o esse,
designa menos uma proposição que a interrogação
que se supõe esteja sendo respondida pela proposição.
Este (não)- ser é o Elemento diferencial em que a afirmação,
como AFIRMAÇÃO MÚLTIPLA, encontra o princípio de sua GÉNESE.


Quanto à NEGAÇÃO,
ela é apenas a sombra deste mais elevado princípio,
a sombra da diferença ao lado da afirmação produzida.
Quando CONFUNDIMOS o (não)- ser com o negativo,
é INEVITÁVEL que a contradição seja levada ao ser;
mas a contradição é ainda a aparência ou o epifenômeno,
a ilusão projectada pelo problema,
a sombra de uma questão que permanece aberta e do ser que, como tal,
corresponde a esta questão (antes de lhe dar uma resposta).
Já não é neste sentido que a contradição caracteriza, em Platão,
o estado dos diálogos ditos aporéticos?
Para além da contradição, a diferença xxx
para além do não-ser,
o (não)- ser; ?-SER
para além do negativo,
O PROBLEMA E A QUESTÃO.”


Deleuze “Diferença e Repetição” pp. 133
(pré-conclusão do capítulo “A Diferença em Si”,
“Diferença e Repetição”tem 7 capítulos (1+2+1+2+1)
1.Introdução
2. Diferença em Si 3. Repetição Para Si
4. Imagem do Pensamento
5. Síntese Ideal da Diferença 6.Síntese Assimétrica da Repetição
7. Conclusão

Com as etiquetas , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: